Capa / Legislação / Palestra CRHIS explica tabelas do eSocial

Palestra CRHIS explica tabelas do eSocial

O SIAMFESP realizou no dia 12 de julho de 2018 mais uma Reunião do CRHIS (Comitê de Relações Humanas e Industriais ). O tema dessa reunião foi o eSocial. De acordo com o assessor Trabalhista e Tributário do Sindicato, Celso Davi Rodrigues, o objetivo do evento foi apresentar e discutir as informações necessárias para alimentação das tabelas que serão incluídas na Fase 1 do eSocial (S-1000 Tabela de Informações do Empregador; S-1005 Tabela de Estabelecimentos; S-1010 Tabela de Rubricas; S-1020 Tabela de Lotações Tributárias; S-1030 Tabela de Cargos; S-1040 Tabela de Funções/Cargos de Confiança; S-1050 Tabela de Horários/Turnos de Trabalho; S-1060 Tabela de Ambientes de Trabalho; S-1070 Tabela de Processos Administrativos/Judiciais).

Antes de iniciar os trabalhos o diretor da Orhganiza, Oscar Schuster, empresa parceira do SIAMFESP,  fez uma rápida explicação sobre a plataforma desenvolvida pela empresa. “Através da nossa plataforma é possível que o próprio empregado com um dispositivo móvel, seja um celular ou tablet, insira as informações pertinentes a ele, como endereço, documentos pessoas, etc. O objetivo da solução é acelerar o processo de uma forma mais automática, evitando aquele manuseio de papel, cópias que o RH acaba recebendo dos funcionários e tendo que fazer toda a digitação manualmente.”

Ele explica que no módulo eletrônico o funcionário, em caso de ausência, atraso, consulta ou alguma eventualidade, pode fotografar com o próprio celular ou através do portal em tempo real com o RH.

O assessor Trabalhista do Sindicato afirma que o objetivo é trabalhar as informações das tabelas iniciais. Ele lembra que estamos na fase um, que para a empresa de pequeno e médio porte a obrigação começa dia 16 de julho. “Nessa primeira fase tem a necessidade de apresentar para o eSocial o cadastro da empresa e as tabelas vinculadas, que são tabelas de verbas salariais, características do estabelecimento, empregados , cargos da empresa, então o que estamos tentando fazer  é mostrar esse detalhamento.”

Rodrigues explica que as tabelas são simples, mas o layout é complexo. “Quando as empresas começam a abrir as tabelas ficam com muitas dúvidas, porque o layout é mais detalhado. Algumas empresas que têm uma estrutura maior já dominam esse detalhamento da informação. As empresas que ainda não dominam a ferramenta vão precisar de mais dedicação. O SIAMFESP esta preparado para dar as orientações necessárias para o atendimento desta obrigação.”

Patrocínio: 

Fonte: AZM Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SIAMFESP