SIAMFESP em Ação

Sindicato dos metalúrgicos ataca empresas ligadas ao SIAMFESP

21/10/2019

Sindicato dos metalúrgicos ataca empresas ligadas ao SIAMFESP

siamfesp esclarece metalurgicos

As empresas associadas ao SIAMFESP, com sede em Guarulhos e região foram surpreendidas por uma matéria no Boletim Informativo do Sindicato dos Metalúrgicos, intitulado – Companheiro Metalúrgico. O periódico publica em letras garrafais: “Patrões do Siamfesp: Queremos a Convenção Coletiva Assinada”.

A reportagem afirma que os empresários não valorizam a livre negociação e o diálogo. A matéria diz que há dois anos os “patrões do SIAMFESP” não assinam a Convenção Coletiva e não vão discutir a pauta da Campanha Salarial dos Metalúrgicos este ano. Para eles, os patrões do SIAMFESP, querem deixar os metalúrgicos sem direitos e garantias.

Em resposta o SIAMFESP divulgou uma “Carta” na qual deixa claro que o Sindicato dos Metalúrgicos ofereceu como proposta um aumento salarial de 1,83% a partir de agosto de 2018, mas exigiu o pagamento de uma Taxa Negocial de 10,50% sobre a folha de pagamento para o Sindicato.  

O Sindicato ainda queria que os empresários descontassem a Contribuição Assistencial de 5% sobre o salário de todos os empregados. “Não achamos justo pagar 1,83% de aumento aos nossos colaboradores, descontar 5% de seus salários e ainda o “patrão” ter que pagar 10,50% para o Sindicato dos Trabalhadores”, explica o diretor Executivo do SIAMFESP, Celso Davíd Rodrigues.

Quanto à negociação, o SIAMFESP deixa claro que deverá seguir a orientação do Ministério Público do Trabalho, com a negociação acompanhada por eles, através do Tribunal Regional do Trabalho.

Fonte: AZM Comunicação

Veja a lista completa