Legislação

Resumo das Negociações Coletivas - Força Sindical

28/08/2019

Resumo das Negociações Coletivas da Força Sindical

Mãos unidas força sindical

Principais Avanços  

  • Garantia Jurídica na manutenção das cláusulas da CCT 2016/2017 até 31/10/2019
  • Confirmação dos reajustes salariais de:

          1,83% a partir de 01/11/2017; e 4,00% a partir de 01/11/2018

  • Licação da CLT a partir de 01/11/2019, caso não queiram negociar uma nova Convenção
  • Negociação Coletiva para 2019/2020 com a mediação do TRT-SP
  • Taxa negocial irá a julgamento, com pedido do Ministério Público do Trabalho, para que seja anulada por se tratar de conduta anti-sindical

Em 27 de agosto, tivemos uma audiência de conciliação no TRT, referente o processo de dissídio coletivo que movemos contra a Federação dos Metalúrgicos de São Paulo e os 53 sindicados filiados.

O resultado foi bastante positivo para nossas indústrias, trazendo segurança jurídica aos procedimentos adotados desde 1º de novembro de 2017, até 31 de outubro de 2019.

Entendemos que a situação da Federação é bastante delicada, pois conseguimos demonstrar que o SIAMFESP e seus Associados estão dispostos a negociar, o que não vem ocorrendo com a Federação e seus sindicatos.

Estamos demonstrando à Federação dos Metalúrgicos que buscamos adequação das garantias da Convenção à realidade de nossas empresas.

Os efeitos do processo não beneficiam quem assinou Acordo Coletivo. Una-se à maioria das indústrias que seguem as decisões das Assembleias!

Estamos lutando pela manutenção dos postos de trabalho e pela sobrevivência das indústrias!

Arcangelo Nigro Neto - Presidente SIAMFESP

Celso Daví Rodrigues - Diretor Executivo SIAMFESP

Veja a lista completa