Notícias

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou, nesta 3ª feira (21.jun.2022), o aumento de até 64% nas bandeiras tarifárias. Cada bandeira é acionada de acordo com o cenário de geração de energia, que varia de favorável (verde) a desfavorável (escassez hídrica). Em vigor hoje, a bandeira verde não terá custo adicional ao consumidor. Foi aplicada em maio a todos os consumidores pela 1ª vez desde a crise hídrica. Segundo o ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico), a expectativa é que fique em vigência até o final de 2022....

WhatsApp_Image_2022-06-22_at_10.14.27.jpegO aumento foi de 59,5% para a bandeira amarela, 63,7% para a vermelha patamar 1 e 3,2% para a vermelha patamar 2. Valem para o período de julho de 2022 a junho de 2023. Eis os valores aprovados: amarela: R$ 2,99 a cada 100 KWh; vermelha patamar 1: R$ 6,50 a cada 100 KWh; vermelha patamar 2: R$ 9,79 a cada 100 KWh. De acordo com a Aneel, o aumento se deve aos dados de compra de energia durante a crise hídrica, em 2021; aos custos com a geração térmica, por conta da alta nos combustíveis; e à inflação....

Fonte: Poder 360

Veja a lista completa