Normalização

ABNT NBR 16833 – Fechadura de embutir – Procedimento para seleção, instalação e manutenção

27/03/2020

Publicação da Norma - Fechaduras de embutir

Alerta abnt

Para a garantia do bom funcionamento e do desempenho adequado ao esperado para a utilização das fechaduras de embutir em portas de madeira e portas metálicas, deve-se, além de utilizar fechaduras em conformidade com a ABNT NBR 14913 – Fechadura de embutir – Requisitos, classificação e métodos de ensaio, ter uma escolha e especificação realizada corretamente.

 Vale destacar que as fechaduras de embutir possuem três (03) critérios de classificação de despenho, sendo um para a durabilidade da fechadura relacionada ao número de vezes em que é acionada ao longo de sua utilização (classes de utilização), outra relacionada à resistência que possui contra arrombamentos (graus de segurança) e uma terceira relacionada ao ambiente que estará sendo utilizada (graus de resistência à corrosão).

Ou seja, cada fechadura terá seu desempenho adequado em função das características de utilização, por exemplo, uma fechadura que está sujeita à intempéries e de frente para o mar tem uma demanda de resistência à corrosão muito maior que uma porta de escritório interna em uma cidade distante da maresia.

Então, esta norma de procedimento para seleção, instalação e manutenção tem este objetivo, ou seja, ensinar a escolher corretamente a fechadura a ser instalada das portas metálicas e de madeira.

Tão importante quanto a correta escolha da fechadura em função de sua utilização como, por exemplo, as portas de banheiros coletivos como de Shopping Center, que vão abrir e fechar milhares de vezes e ao mesmo tempo não se espera muita resistência ao arrombamento, tem uma situação bem diferente das portas de entrada de casas e apartamento que necessitam de maior segurança e resistência ao arrombamento, a questão da instalação é fundamental para esta garantia.

 A ABNT NBR 16833 soma o detalhamento da correta escolha da fechadura com a correta forma de instalação que exige portas sem empenamento e alinhadas, por exemplo. Assim como as manutenções necessárias para que o bom desempenho permaneça sendo atendido, como a lubrificação dos miolos onde as chaves são inseridas.

Desta forma, a recém publicada norma traz benefício para toda a cadeia, ou seja, ensina o consumidor a escolher corretamente a fechadura de modo que se houver algum problema de fato será devido a uma falha do produto e resguarda o bom fabricante que se o produto for bem escolhido e instalado, dificilmente terá problemas de campo.

Fonte: Gerente Tecnologia Roney Honda Margutti

Veja a lista completa