Notícias

11 Abr 2022
Integração em setores estratégicos pode gerar desenvolvimento Em visita à sede da Fiesp na manhã desta sexta-feira (8/4), o ministro de Economia da Argentina, Martín Guzmán, defendeu de maneira categórica que a pauta de integração entre os dois países seja tratada como política de Estado pelos governos brasileiro e argentino. Para uma plateia formada por empresários das duas nacionalidades, diretores e conselheiros da Fiesp, Guzmán exaltou a importância do Mercosul para os argentinos e defendeu a negociação de acordos bilaterais em áreas estratégicas.

08 Abr 2022
Guedes defende que economia está em crescimento O ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a afirmar nesta quinta-feira que a economia brasileira deve crescer 2% em 2022. Segundo ele, a alta do Produto Interno Bruto (PIB) não chegará a 3,5% diante da alta de juros promovida pelo Banco Central (BC). As declarações foram feitas durante um evento online do Bradesco.

07 Abr 2022
Inteligência de Mercado da Indústria 2.0 A FIESP e o CIESP apresentam a nova versão web do app Inteligência de Mercado, que agora é 2.0 e reúne dados cadastrais de quase 18 milhões de empresas, dos mais diferentes portes e áreas de atuação.

06 Abr 2022
Ao vivo: CCJ do Senado vota PEC da Reforma Tributária A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado analisa nesta 4ª feira (6.abr.2022) a proposta que unifica impostos estaduais e federais na CBS (Contribuição sobre Bens e Serviços) e no IBS (Imposto sobre Bens e Serviços).

04 Abr 2022
Produção Industrial aumentou 0,7% em fevereiro A produção industrial cresceu 0,7% na passagem de janeiro para fevereiro, nos dados sem influências sazonais. Frente a fevereiro de 2021, houve recuo de 4,3%. O resultado veio acima da expectativa do mercado (0,5%). A indústria de transformação avançou 0,6 % no mês de fevereiro. Já a indústria extrativa foi destaque positivo, com crescimento de 5,3% em sua produção. O nível da produção industrial está 2,6% abaixo do momento pré-pandemia (fevereiro de 2020).

01 Abr 2022
Inserção de produtos com maior valor no mercado é pauta da FIESP Sob a liderança Jackson Schneider, novo presidente do Conselho Superior de Comércio Exterior (Coscex) e presidente da Embraer Defesa e Segurança, foi realizada, na manhã desta quarta-feira (30/3), a primeira reunião do Conselho, na sede da Fiesp. O objetivo do encontro era definir as diretrizes que vão pautar a atuação da entidade na esfera do comércio e das relações internacionais.

30 Mar 2022
CNI pede ao Congresso prioridade para reforma tributária A CNI (Confederação Nacional da Indústria) apresentou nesta 3ª feira (29.mar.2022) sua agenda legislativa com a PEC 110, da reforma tributária, no topo da lista de prioridades para este ano. O líder do Governo no Congresso, Eduardo Gomes (MDB-TO), afirmou esperar uma “tramitação célere” da proposta no Senado. Admitiu, contudo, a dificuldade de aprová-la este ano e não disse se o Planalto trabalhará a favor do projeto. 

28 Mar 2022
Governo estuda mudanças nas regras do seguro-desemprego O número de acessos ao seguro-desemprego representa uma alta despesa governamental mesmo com a redução da taxa de desocupados no país. A questão vem sendo tema de debates no governo federal. Com parcela mínima de R$ 1.212 e máxima de R$ 2.106, tanto o governo quanto especialistas admitem que as atuais regras desse benefício estimulam o acesso ao programa repetidas vezes por trabalhadores, que também optam pela informalidade, em vez de funcionar como "colchão de choque" para que eles retornem ao mercado de trabalho.

25 Mar 2022
Presidente do BC projeta fim da alta dos juros e deixa o mercado otimista Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central (BC), trouxe otimismo ao mercado brasileiro na quinta-feira (24), ao anunciar que a elevação de um ponto percentual da taxa Selic —a taxa básica de juros— projetada para o mês de maio, pode selar o fim do atual ciclo de alta dos juros no Brasil.

24 Mar 2022
Fiesp analisa PIB e cenário econômico brasileiro Em matéria divulgado no site, a Fiesp fez um panorama do cenário econômico do país e do PIB, que em 2021 apresentou aumento de 4,6%, resultado que, em grande medida, reflete a base fraca de comparação.